Usado da Vez: Chevrolet Montana

Sucesso de vendas, a Montana atrai pelo visual esportivo.

Sucesso de vendas, a Montana atrai pelo visual esportivo.

Segmento inaugurado pelo Fiat City, fizeram também parte dele, na primeira era, Chevrolet Chevy 500, Ford Pampa e VW Saveiro. O nicho das picapes leves, no Brasil, sempre esteve em destaque pelas montadoras. Dessas picapinhas, a única que remanesce é a Saveiro (o que lhe é ruim, vez que, na era atual, sua defasagem tecnológica para suas rivais é gritante).

Se nos idos das décadas de 80 e 90 as picapes leves tinham de fato vocação utilitária, hoje em dia elas não se propõem somente a transportar cargas. Fiat Strada, VW Saveiro e Chevrolet Montana ainda têm versões espartanas, para uso comercial. Mas as mais vendidas são as versões mais bem cuidadas, destinadas ao estrito uso recreativo.

A Chevrolet Montana é um típico exemplo dessa nova conduta das picapes leves. Seu projeto moderno, derivado da segunda geração do Corsa, oferece, além de boa capacidade de carga, uma cabine ampla e confortável. Opostamente às suas rivais, que fazem uma coisa em detrimento da outra, a Montana consegue conciliar ambos os aspectos.

Lançada no final de 2003, ela se destacava em razão do Step Side, um degrau lateral que facilita o acesso à caçamba. Esta, por sua vez, como já mencionado, é deveras espaçosa, conseguindo comportar até uma moto de médio porte, sem se precisar tirar a tampa (o que é ilegal). A capacidade de carga é de 735 quilos.

As versões iniciais eram a Off-Road e a Sport. A primeira estava longe de ser uma combatente da Strada Adventure, pois o visual era fraquinho demais: apenas estribos laterais, quebra-mato, santantônio e para-choque preto a faziam “selvagem”. A segunda, a mais cobiçada, oferecia visual esportivo, com padrões diferenciados de acabamento externo e interno, além de bonitas rodas de liga.

Em 2004, nascia a versão de entrada Conquest. A motorização inaugural da Montana foi o motor Powertrain 1.8 de 105/109 cavalos (G/A), que, em 2005, foi melhorado, gerando, então, 112/114 cavalos (G/A). Em 2006, em virtude da baixa procura, saía de linha a derivação Off-Road.

Na hora de procurar no mercado de seminovos, prefira a Montana Sport. Ela é mais bonita, mais equipada de série e mais bem aceita na hora da revenda. Só compre a Off-Road se o preço estiver imperdível. Ao contrário, você terá em mãos uma picape mais pobre visualmente, e difícil de revender, mesmo bem equipada (ar, direção e trio).

A Chevrolet Montana é uma opção diferente para o uso urbano. Por ser mais barata e leve do que seu equivalente hatchback, ela passa a ser uma alternativa mais econômica, e não menos prazerosa e cômoda.

Preços: de R$ 23.300,00 a R$ 39.000,00. Consulte preços detalhados em www.quatrorodas.com.br ou em www.fipe.org.br

Fique de Olho:

Acabamento: o plástico pobre risca-se facilmente, e a tampa do porta-luvas pode não se fechar corretamente.

Batida de válvulas: é comum em algumas Montana a formação de um depósito sólido nos balanceiros das válvulas, ocasionando uma forte batida de válvulas com o motor frio. Em razão disso, a GM até emitiu um boletim de serviço às suas autorizadas, recomendando o uso de aditivo da AC Delco para combustível.

Direção: procure, durante balizas ou manobras em baixa velocidade, por estalos vindos da dianteira. Podem ser frutos de problemas na caixa, coluna ou bomba da direção hidráulica.

Luzes de ré: muita gente nem dá bola para as luzes de ré. No caso da Montana, isso é mais recomendado, pois, às vezes, há mau contato nas lanternas.

Batida de pino: nome popular para a pré-ignição, a batida de pino é um problema comum ao motor 1.8. Tal comportamento se manifesta após ter o carro se submetido a uma carga excessiva ou a situações específicas, como subir uma rampa com o motor não aquecido.

Referências: Revista Quatro Rodas – Novembro/2007

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Licença Creative Commons