Estrela cadente: Será o fim da Maybach?

Pequenas mudanças. Pequenas vendas.

Caíram na internet fotos do face-lift da linha Maybach. E não surpreenderam. Pelo menos de maneira positiva. Apenas leves retoques na grade frontal e nos para-choques foram feitos.

Um quê de Lancia.

Num segmento tão requintado e exclusivo, no qual se propõe a Maybach em atuar, face-lifts são imperdoáveis. Ainda mais se o projeto inicial do carro foi baseado em outro preexistente. Afinal, os carros da divisão de super-luxo da Mercedes foram concebidos baseados na geração anterior do Mercedes Classe S.

Na real? Vá de Rolls ou de Bentley.

Desse modo, quem, em sã consciência, pagaria três vezes mais por um Classe S da geração anterior? Pois é isso que faz um comprador de um Maybach. Tá certo que o Mercedes não tem tantas possibilidades de personalização, nem teto solar panorâmico eletrocrômico. Mas essas vantagens não compensam o projeto defasado e a visível semelhança com o plebeu Classe S. Ainda mais quando este próprio é um carro excelente.

Das duas, uma: ou a Maybach cria um carro verdadeiramente exclusivo (tal qual o protótipo Exelero), ou ela abaixa drasticamente os preços de seus “Classe S Plus”. Caso contrário, veremos uma estrela cair.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Licença Creative Commons